quarta-feira, 6 de abril de 2011

Hospital e Maternidade de Morretes - Aparelho de RAIO X

No dia 6 de junho de 1950 um jornal da capital publicou a notícia que o hospital de Morretes, inaugurado em 31 de outubro de 1947, receberia uma aparelho de RAIO X.
 (Do correspondente):
"Nossa reportagem visitou o HMM com o propósito
de divulgar o movimento do mês de maio findo".

Verificamos, com satisfação, o quanto de útil está sendo o novo estabelecimento, o que anima os responsáveis pelo seu funcionamento, a continuação do trabalho insano – ontem para a construção, hoje para manutenção.
Não foi em vão a semente lançada há muitos anos por Eurico Schlemm, Domício Costa, Carlos Cardoso, Clemente Consentino, Pacífico F. Zattar e outros, pois que hoje semeia frutos graças a capacidade para grandes empreendimentos do mesmo Dr. Domício Costa, José Lourenço Malucelli, do Dr. Pedro Baraúna, de Antonio José Gonçalves Filho, Marco Antonio Malucelli, de Arlindo de Castro e tantos outros impulsionados pelo mesmo sentimento de humanidade.
Nosso HMM que se acha quase que perfeitamente aparelhado gozará ainda nos próximos meses de um complemento indispensável: é a vinda de um aparelho RAIO X, cuja doação por parte do Serviço Nacional da Tuberculose, já nos foi assegurada pelo eminente Deputado Lauro Lopes.
O movimento do mês de maio p. findo, como dissemos, foi grande, havendo sido registrada a internação de 34 doentes, realizada 14 operações e 5 partos, além dos indigentes que no seu consultório o médico diretor atende gratuitamente, em elevado número todos os dias.
Tem sido usada medicação moderna, incluindo transfusão de sangue dentro dos recursos terapêuticos.
A direção da Casa em bôa hora foi confiada ao Dr. Alcídio Bortolin, elemento jovem, porém de conceito já firmado tanto na cirurgia com na clínica.
De grande valia tem sido a assistência e cooperação do Dr. Baraúna, médico de largo tirocínio e elevada reputação, diretor do Posto de Higiene do Estado, do Posto de Puericultura de Morretes e clínico em geral.
Elogiável, também, o trabalho da incansável da competente enfermeira srta. Lucy Alves Pires e o desempenho muito satisfatório da parteira snra Emília Menin Gomes.

Hoje, sessenta e um anos depois, em meio a maior crise da história do nosso hospital, uma notícia alviçareira – nossa cidade vai ganhar um aparelho de última geração, graças ao Rotary Clube de Morretes que enviou à Fundação Rotária Internacional, um projeto solicitando o aparelho.

A Fundação não só atendeu, como doou U$ 15,000 dólares do valor do RAIO X, que custou U$ 32,500 dólares.
O aparelho está garantido, mas a instalação não vai ficar barata ...

4 comentários:

  1. Diac. Narelvi Carlos Malucelli6 de abril de 2011 19:11

    Ligia:
    Que ótima matéria voce encontrou que inclusive faz lembrar os grandes semeadores de Morrete daquela época.
    Ao Rotary Clube de Morretes, parabéns por ter conseguido o Raio X para o Hospital.
    Mas a situação do Hospital ainda é dificil apesar da participação da Prefeitura e esforço do presidente Dejair Miranda.
    Tomara que o nosso Hospital consiga superar essa fase complicada.
    Diac. Narelvi.

    ResponderExcluir
  2. LIGIA

    Que bom, pelo menos uma notícia boa em meio deste caos que atingiu nossa querida terra, que esse aparelho possa ser de grande utilidade para a saúde dos morretenses e de quem precisar e que a população carente também possa se receber os benefícios desse aparelho.

    ResponderExcluir
  3. Ligia voce poderia fornecer mais informações de como as pessoas poderiam ajudar.
    abç Paulo

    ResponderExcluir